ÚLTIMA HORA
Ultimamente, só esporte e bizarrices.

Última Bola: Túnel do tempo: o último encontro de Miami e Laker...: "Jogar no dia de Natal é uma certeza para os jogadores do Lakers. O time é premiado com a rodada de ouro, organizada pela NBA no dia 25 de de..."

 

Top of mind

By Renon Junior

Agradeço aos jornalistas de todo o Brasil. Em cada canto deste país, o nome deste blog é mais uma vez o mais lembrado nesta véspera de natal.

G1:

Consumidores lotam shoppings no Rio para compras de última hora


O Dia Online:

Cariocas deixam compras para a última hora e lotam shoppings da cidade

UOL:

Vendas à vista e de última hora puxam Natal


O Dia:
Última hora no Natal: Saara vende 30% mais barato que shoppings

 

Treinamento chocante

By Renon Junior

Muito engraçada interessante a reportagem de Gustavo Parra sobre o treinamento da Guarda Municipal de Arapongas com as armas não-letais, que disparam choques em vez de tiros.























 

Do ESPN.com
O Cuiabá Arsenal conquistou neste sábado o Brasil Bowl (a grande final da Liga Brasileira de Futebol Americano). A equipe derrotou o Barigui Crocodiles por 49 a 21, em partida disputada no Estádio Municipal Hermínio Esposito, em Embu das Artes, São Paulo.

O Barigui Crocodiles foi o grande campeão da Conferência Sul, chegando à decisão com uma campanha de sete vitórias e apenas uma derrota. O Cuiabá Arsenal, vencedor da Conferência Norte, atingiu os playoffs com a pior campanha entre os classificados e teve que vencer dois jogos fora de casa para disputar o título.

As duas equipes tinham se enfrentado uma única vez na história, no primeiro semestre de 2009, durante o Pantanal Bowl III. Na ocasião, a vitória foi dos Crocodiles por 20 a 18. Neste sábado, o Cuiabá Arsenal conseguiu se vingar com o título do Brasil Bowl.


video

 

Daqui a alguns anos, meus netos vão descobrir o que é o futebol e que torço para o Internacional. E eles poderão me perguntar o que houve na disputa daquele mundial de 2010, porque um time com tantas conquistas, que se orgulha em dizer que é o "campeão de tudo" fez um papelão daqueles, contra um time africano.
Vou precisar de uma desculpa, aliás, já estou pensando nela. Posso dizer que a culpa é de Celso Roth, o técnico, seguindo a tradição de jogar o fardo nas costas do treinador. Afinal, nunca acreditei nele, nem mesmo quando conquistou a Libertadores. Foi um título fácil. Pegou o time nas semifinais e só cumpriu o que diz seu histórico - começa bem e termina mal nos clubes por onde passa.
Mas o treinador fez bem seu papel, dentro de suas limitações. Montou o time, talvez pudesse ter escalado Giuliano como titular, mas como iria adivinhar? O meio campo não veio pro jogo. D'Alessandro, tido como o grande nome do colorado gaúcho, amarelou. Assim como o outro argentino, Guiñazu. A defesa cochilou.
Também não dá pra culpar o calor, altitude, frio, fuso horário, fatores extra-campo. Não tem desculpa. A derrota para o Mazembe não foi por um gol acidental, foi por 2 a 0, dois golaços.
Vou dizer que o Inter fez algo pra algo pra se manter INSUPERÁVEL. Perder para o time africano foi o maior vexame brasileiro nos gramados em todos os tempos. Dificilmente um clube brazuca vai repetir este feito. Consagrou um time que ninguém fora da República do Congo conhecia. Vergonha.

 

Sensacional este vídeo. Imaginem a história do nascimento de Jesus nos dias de hoje.

 

Ele fez uma versão da música Dynamite, do Taio Cruz, que ficou melhor que a original, só reproduzindo instrumentos com a técnica do beatbox. Além de tudo, o cara canta bem.


Confira mais no canal dele noYoutube: http://www.youtube.com/user/pbpproductions.
Visto primeiro no Portal PS, do meu amigo Paulo Sérgio.