ÚLTIMA HORA
Ultimamente, só esporte e bizarrices.

A esquina da morte

By Renon Junior

Logo no primeiro dia, andando pelas ruas da capital, minha irmã me mostrou o local do acidente do ex-deputado estadual Carli Filho, que matou na hora dois jovens. Passei naquela avenida duas vezes por dia e fiquei pensando como o acidente aconteceu. Fiquei com algumas dúvidas.
Aquele trecho tem muitas curvas, em descida. Alguém muito bêbado, em alta velocidade não conseguiria fazer aquelas curvas sem se perder nelas.
Outra coisa que percebi é que os curitibanos querem justiça. Adesivos como estes estão espalhados pela cidade.

 

De volta

By Renon Junior

Peço desculpas ao pessoal que já se acostumou a dar uma passadinha por aqui. Estive nos últimos dias em Curitiba, tratando de problemas familiares.

 

Essa foi boa.


 

Mergulho no lago

By Renon Junior

Vendo este vídeo imaginei o que aconteceria se alguém mergulhasse no Lago Igapó 2, em Londrina, que está só uma lâmina d'água de tão assoreado.



Copiado do Insoonia.

 

LEC pega a Chapecoense

By Renon Junior

Com um 0 a 0 contra o Corinthians Paranaense, o time catarinense se garantiu na terceira fase. Nesta semana, a CBF define a data dos jogos.

 

Rubinho vence em Valência

By Renon Junior

Ontem eu ia escrever, mas desisti: "Agora que o Londrina se classificou, só falta o Rubinho ganhar na Fórmula 1". De tão improvável, desisti.

Mas Barrichello fez uma corrida perfeita. Superou as McLaren e saiu da terceira posição para a vitória, a centésima brasileira na categoria.
Ele voltou à vice-liderança, com 54 pontos, 18 atrás de Jenson Button, que na Espanha chegou em sétimo. Ótimo resultado para a Brawn, já que Vettel abandonou e Webber não pontou.

 

E lá se foi aquela suposta vantagem de ter jogos a menos.


 

Foi hoje de manhã durante a cerimônia na prefeitura de liberação de recursos para o asfalto em Londrina. Paulo desmaiou no meio de todo mundo e ficou desacordado por alguns segundos. Foi socorrido e voltou a si.
O chefe de jornalismo da CBN/Londrina é colorado como eu. Grande pessoa.

 

A comemoração do século

By Renon Junior

Um mês já se passou e ainda não terminou.

64 anos de vantagem na história do GreNal e sou obrigado a ver isso.
Adivinha onde?

 

O time se segurou quanto pôde em Porto Alegre e garantiu a classificação, mesmo com a derrota por 1 a 0. Foi uma pressão terrível. O Zequinha (apelido do São José) teve portões abertos para a torcida. E a arbitragem deu uma mão também, mas o LEC ganhou de todos eles.


Como venceu o jogo de ida por 3 a 1, está garantido. Vai pegar o vencedor de Chapecoense e Corinthians Paranaense, que muito provavelmente será a Chapecoense, que venceu a primeira por 3 a 0 fora de casa.
Valeu Tubarão!
E que narração do Fiori Luiz, hein? Quase matou a gente do coração. Belo trabalho.

 

Raul Seixas no Moringão

By Renon Junior

Esse show no Moringão foi em maio de 1989, três meses antes de sua morte. Segundo uma colega que esteve lá, Rauzito mal se aguentava no palco. Ele começou cantando seus sucessos, depois precisou de uma cadeira pra se sentar. Ficou mais um pouco, caiu da cadeira, e o levaram para o camarim. Marcelo Nova levou sozinho o show até o fim. Imagino que isso tenha acontecido muitas vezes naquela última turnê deles.

 

Na prova que todos esperava ter Schumacher na pista, não faltaram surpresas. O alemão não veio, e em seu lugar, Luca Badoer, pra largar em último.
Lewis Hamilton conseguiu a pole, aliás, uma dobradinha da McLaren. Barrichello larga em 3º e seu companheiro de equipe, Jenson Button, sai em 5º. Na briga interna da RBR, Vettel levou a melhor. Larga em 4º, enquanto Mark Webber só conseguiu o 9º lugar no grid. Alonso, correndo em casa, é o 8º.
A corrida é em Valência, na Espanha. Largada às 9 horas.


 

20 anos sem Raul Seixas

By Renon Junior

Achei a última entrevista dele, no extinto "Jô Soares Onze e Meia", do SBT, em 1989, um mês antes de morrer. Aos 44 anos, Raulzito já estava só o pó.

Um dos últimos shows dessa turnê que eles estavam fazendo foi em Londrina, no Moringão, em maio de 1989.
Veja um pouco mais sobre a conturbada vida do Maluco Beleza aqui.

 

Na verdade foi a esposa dele a sortuda, mas quem foi receber o prêmio foi ele. Prêmio aliás, por toda uma vida dedicada ao Tubarão. Na boa ou na ruim, o Tatinha sempre tá junto com o time.


 

Esta é a sua vida

By Renon Junior


Não comentei nada sobre a posse do suplente de vereador Amauri Cardoso (PSDB), meu amigo de muitas pautas lá no Caic da Zona Sul, em Londrina. Visitei seu site e encontrei este clipe, que mostra um pouco de sua trajetória.

video
Trilha bem apropriada para o Amauri:
Você não sabe o quanto eu caminheeeeiiii, pra chegar até aquiiiiii....

Se encontrá-lo, peça pra ele contar como fez a campanha de vereador.

 

O jamaicano Usain Bolt mais uma vez brincou de correr. Desse jeito, brincando, abusando da irreverência, ele mais uma vez humilhou os adversários, deixou o relógio pra trás. Poupou-se nas eliminatórias para voar na final. Tempo de 19s19, recorde mundial (que já era dele), superado em 11 centésimos. O segundo colocado, o panamenho Alonso Edward, chegou após 62 centésimos. O terceiro, o americano Wallace Spearmon, cruzou depois de 66. Não foi decepção, eles são deste mundo.
Pensa bem: o tempo que você leva para ler este texto, Bolt corre o equivalente a duas quadras. É um monstro. Sorrindo.


 

Twitter do Alex

By Renon Junior

Todos sabem minha opinião sobre o Twitter. Por isso, e por não ter nada tão relevante pra que alguém me siga, não tenho.
Mas no caso de figuras públicas, como os políticos, reconheço que isto é muito bom. Quem está aderindo é o Deputado Federal Alex Canziani.
Quem quiser seguí-lo, o link é http://www.twitter.com/canzianialex

 

 

A culpa é do Nilmar

By Renon Junior

Desde que ele fez aquele golaço sobre o Corinthians no início do campeonato parece um carma. O Inter não consegue mais vencer o Timão. Nem o timinho, desfalcado que só, e em casa, não deu. E lá se foi mais um tabu.
Eu poderia ficar aqui dizendo que o Inter foi mais uma vez garfado pela arbitragem nos lances de gol do Corinthians. Mas o time perdeu por jogar pouco e deixar os paulistas bem à vontade no Beira-Rio.
Os gols:


 

Ênio Vecchi está de volta

Posted In: . By Renon Junior


Ele será o comandante da ADL, o time de basquete de Londrina no NBB. Com ele estão vindo reforços, para que o time não faça feio no campeonato nacional após a ausência de um ano: o ala Fernando Mineiro (ex-Flamengo), o pivô Adriano Machado (ex-Joinville) e o armador Bernardo (ex-Minas). O ex-técnico Leitinho foi mantido como diretor do time.
O melhor de tudo é quem está por trás da equipe: Paulo Chanan, da Inesul, que além de entender do esporte, é um apaixonado pelo basquete. Tô começando a acreditar que os bons tempos vão voltar ao Moringão. Só falta vir um americano destruidor de defesas.

Foto: Bonde

 

Leandro Rossito, que trabalhou por alguns anos na Tv Coroados em Londrina, apareceu ontem durante o dia todo na GloboNews e depois no Jornal Nacional, com o escândalo do secretário municipal flagrado com três adolescentes no motel.
Rossito, ou Avaré, como era apelidado, está na afiliada de Sorocaba.

 

Uma carreira indo pelo ralo

By Renon Junior

O médico Roger Abdelmassih era muito conhecido. Era considerado uma referência em reprodução humana. Mas, de acordo com o Ministério Público de São Paulo, ele também abusava sexualmente de suas clientes. Passou a noite na cadeia. Mesmo que saia amanhã, está acabado.


 

Seu Barriga na Tela Quente

By Renon Junior


Acabo de ver um rosto bem familiar no filme Bandidas (2006), na Tela Quente. Foi uma pontinha, mas reconheci. No papel do gerente do banco era ele, Edgar Vivar, mais conhecido dos brasileiros por "Seu Barriga" e "Nhonho", seus personagens no seriado Chaves. Contracena com as musas Penélope Cruz e Salma Hayek.
Vivar está com 65 anos e vive no México. Seus últimos trabalhos foram pequenos papéis em filmes mexicanos e séries de TV.

Informações: IMDB

 

O Tubarão conseguiu uma importante vitória vencendo o São José em casa por 3 a 1, gols de Danielzinho e Fabinho (2). Jéferson descontou para o time gaucho.
No sábado, o Londrina joga em Porto Alegre com vantagem, podendo perder por até 1 gol de diferença.
Os gols:


 

O Londrina está fazendo uma boa partida e vai vencendo. Gols de Danielzinho aos 28 e Fabio, aos 40. Tomara que o técnico Gilberto Pereira não arme uma retranca, para que o time marque mais e possa golear.

 


O jamaicano tornou-se campeão mundial dos 100 metros rasos com um tempo assombroso: 9s58.

 

Foi a terceira vitória seguida depois da volta do Japão. Eu me rendo. Tite tá merecendo mais um voto de confiança, pois recolocou o time no caminho das vitórias.
Agora o colorado tem 33 pontos, vice-lider, 4 pontos atrás do Palmeiras, mas ainda com dois jogos a menos.
Os gols:

 

Falando em doações...

By Renon Junior

Isso passa de madrugada na Band. Também passa em horários variados em outros canais. É o Programa do Pastor Silas Malafaia, da Igreja Assembléia de Deus.

video
Só deixo um comentário. Não acho errado doar. Doa quem quer e ninguém tem nada com isso. Só não pode deixar de pagar as contas e ainda reclamar da crise.

 

Na sequencia das denúncias contra Edir Macedo, dono da IURD e da Record, o Jornal Nacional trouxe à tona investigações do COAF, que também foram publicadas no jornal O Estado de São Paulo.

Já a Record utilizou os últimos 22 minutos(!) do Jornal da Record para responder, encerrando com um vt de pessoas que prosperaram materialmente após conhecer a Universal. Vários personagens.

 

Gripe suína causa stress

By Renon Junior

Deu no Paçoca, foi chupado pelo Marcelino e estou publicando também. Porque não aguento mais esse clima de pânico sobre essa gripe suína. Sugiro que cada um que tenha blog, publique esse vídeo pra entender melhor sobre o que é Influenza, H1N1, Tamiflu, máscaras, álcool gel e todas as matérias, desdobramentos e teorias da conspiração (este vídeo pode ser uma delas), que essa doença vem causando.


Alguém acha coincidência isso tudo ter começado no México? Lembram? Pessoas que voltavam do México eram observadas, isoladas se tivessem uma gripinha. Cadê o México agora? Ninguém fala.

O Ministro da Saúde, José Gomes Temporão, disse bem ontem. "Não devemos encarar a gripe suína como a peste do século 21". É verdade. Requer cuidados, mas não é mais grave que outras doenças que também levam à morte.
Cuidados com a higiene deve-se ter sempre. Evitar contato com pessoas gripadas, também. Isso não é novidade.
Gente gripada morrem aos montes, desde que a humanidade existe. Até o ano passado, chamavam-se "viroses".

O que aconteceria se a imprensa fosse enfraquecendo a divulgação desse assunto, diminuindo as doses? Será que fechariam cidades, universidades, escolas?

A Inesul está funcionando normalmente. Ninguém ficou doente lá. Pode ficar? Pode, como em qualquer outro lugar.
Dias atrás vi uma matéria dizendo que 8 mil pessoas tinham passado pelo Pronto Atendimento Municipal, em Londrina, com casos de resfriados, viroses e gripes fracas, médias e fortes. Quantos casos confirmados tivemos até agora? 58. Quantas mortes? Duas, e as vítimas moravam fora (Ibiporã e Curitiba).
Então, se analisarmos a estatística, estamos com medo de que?
- Ah, mas eu não quero ser a primeira vítima.
Nem eu, assim como não quero pegar nenhuma doença. Mas nem por isso estou mudando meus hábitos.

Vá ao calçadão e você vai encontrar pessoas andando com máscaras. Não por estarem doentes, mas por medo de pegar a doença de alguém.

Chega, vamos virar o disco! É muito espaço dado, pânico gerado para uma doença que tem cura.

 

A Record cumpriu o prometido. Contraatacou a Rede Globo, colocando uma série de dúvidas sobre a conduta da Rede Globo desde a sua fundação, em 1965, especialmente na questão política. Apresentada por Celso Freitas e Ana Paula Padrão. Reportagem de Lucio Sturm, os três ex-globais.

Esta matéria entrou no fim do telejornal. O Jornal Nacional já estava no ar, veiculando outras denúncias contra o Bispo Edir Macedo, dono da Record.
Outra matéria, com imagens de câmera escondida em cultos, mostra pedidos de dinheiro, venda da chave do Céu e um diploma assinado por Jesus Cristo.

 

Kaká, o mané

By Renon Junior


Essa é de ontem. O jogador do Real Madrid estava com insônia e resolveu sair do hotel para um passeio por Tallinn, capital da Estônia, com o preparador físico da seleção. Eles se perderam até que dois policias o reconheceram. Os agentes ofereceram-se para os levar de volta ao hotel, de camburão.
Não deve ter táxi por lá.

foto: globo.com

 

Romário vai voltar

By Renon Junior


Ele prometeu vestir a camisa do América-RJ durante alguns minutos na 2ª divisão do Carioca. Já começou a treinar (ahahah). O anúncio foi feito no mesmo dia em que o apartamento de cobertura dele foi leiloado por R$ 8 milhões, para pagar dívidas.

Foto: globoesporte.com

 

A cidade está literalmente fechada, com medo da gripe suína. Faço minhas as palavras do Secretário Estadual de Saúde, Gilberto Martin, no ParanáTV.


O assunto abriu o Jornal da Globo ontem...

E o Hoje, desta quarta-feira.

 

Gafe no casamento

By Renon Junior

Quem nunca cometeu uma, não é mesmo? Olha o que fez o Edibar...
Minha mulher, uma vez, chegou até um senhor engravatado e falou:
- Garçon, você podia pedir pra alguém trazer mais uma cadeira aqui pra nossa mesa?
- Claro, eu sou o pai da noiva, mas vou pedir pra alguém fazer isso.

 

Record promete contraataque

By Renon Junior

O anúncio foi feito no Fala Brasil de hoje. Às 19:45, será exibida no Jornal da Record uma matéria que "explica" o porque da Globo retomar o assunto. Segundo a Record, são assuntos que já foram investigados e estão arquivados.
A conferir.

 

Ele vai precisar de muita fé e ajuda divina pra sair dessa.


Dá nojo essa parte final. Aff...

A repercussão no exterior:

 

Vitória por 3 a 0, em jogo atrasado. O Inter ainda tem dois jogos a menos que a maioria dos times.
Mais em globoesporte.com.

Com isso, e aquele título mixuruca no Japão, Tite vai ficando. Se quiserem pegar o Renê Simões, eu quero.

 

O campeonato está chegando à metade e alguns times já jogaram a toalha. Mas o campeonato ainda está aberto, como mostra a reportagem de Andrei Kampff.

 

Meu voto vai para...JULHA

By Renon Junior


Ontem, em "NO LIMITE 4".

 

Aquilo que muitos consideravam improvável, aconteceu. O Londrina venceu o Naviraiense, no Mato Grosso do Sul por 2 a 1. E no outro jogo, a Chapeocoense derrotou o Ypiranga por 4 a 3.
O Tubarão enfrenta agora o São José, de Porto Alegre. A primeira partida é em Londrina, no domingo que vem.
Valeu Tuba!

 


Londrina acordou mais triste nesta manhã de sábado. João Milanez nos deixou. Ninguém fez melhor o papel de embaixador da cidade como ele. Um homem de quem só tenho boas lembranças. Meu primeiro contato com ele foi ainda na faculdade. Serviu de fonte para meu trabalho sobre a TV Tarobá. Meses depois, esteve em minha colação de grau, como patrono da turma.
Depois, passei a seu empregado, pois era acionista da TV. Mesmo sem me conhecer, Seu João foi meu fiador em um apartamento alugado. Ele fez este favor pra muita gente.
Reencontrei-o em minha passagem pela Folha de Londrina. Já não tinha o mesmo poder de antes, mas era a mesma simpatia. Todos os funcionários (chamados por ele de vereador, deputado, senador ou velhaco) tinham muito carinho por ele.
Estive em seu velório na prefeitura e irei também ao enterro, neste domingo, às 10 horas no Cemitério Parque das Oliveiras.

Todo o meu apoio e condolências ao meu amigo João Rodrigo Milanez, filho do lendário João Milanez, que com certeza fará muita falta.

* * * * *
A Folha de Londrina deste domingo rendeu uma bela homenagem a Milanez. Vale a pena ler e guardar.

 


Gratuito na rede pública de saúde.

 

Essa matéria saiu na edição de segunda do Jornal da Globo. Se a moda pega...

Reportagem do Giuliano Tamura, formado pela UEL na mesma safra de Patrícia Piveta, Simone Pavin, Paulo Galvez e outros, uma das melhores do curso, entre as que acompanhei.

 

Postagem com cara de "querido diário", mas vamos lá...

Hoje foi um dia atípico. Dia marcado para uma revisão no carro, portanto, dia sem carro. A expectativa era que fosse só de manhã, mas foi até a tarde e ainda estou sem ele. Bolas, fazer o quê.
Deixei o carro lá e voltei de ônibus. Logo veio à lembrança aquilo que estou careca de ver na TV: a gripe suína. Ali notei que o pânico também me atingiu. Antes, procurava ir sentado. Agora, procurei os lugares próximos a janelas abertas, de preferência, bem longe de pessoas tossindo, ou com aparência abatida.

* * * * *
No final da manhã, presenciei uma cena inusitada. Um motoqueiro vinha pela Via Expressa, com duas latas de tinta, quando a moto quebrou ao meio. Ele se esborrachou, as latas abriram, e o homem ficou estatelado ao lado da moto quebrada e pintado de amarelo, esperando a chegada do Siate. Não se machucou gravemente, mas tirar toda aquela tinta vai dar um trabalhão.
* * * * *
À tarde, voltei ao centro, de ônibus de novo, atento ainda aos doentes a bordo. Desta vez fui até o terminal e notei que nada está se fazendo para evitar o contágio. Andei em ônibus das duas empresas. Em nenhum havia um cartaz com orientações sobre a nova gripe. Algo do tipo "abra as janelas", "cubra a boca ao tossir", etc. Nada, nem nos coletivos nem no terminal. E pior: notei que a população não tá nem aí com isso. Vi gente comendo unha, comendo pontas dos dedos, bocejando e passando a mão na boca (a mesma que estava segurando no ferro), gente comendo pipoca, crianças passando a mão na boca depois de tocar os bancos, e ninguém de máscara.

Acho que o cobrador deveria usar máscara. Afinal, se a nova gripe é tão perigosa, o cobrador do ônibus é uma presa fácil. Fica cara a cara com todas as pessoas que passam pela roleta, pega dinheiro da mão de potenciais doentes. Ainda mais naquela linha que peguei, que passa pelo PAM, o centro de referência para atendimento dos pacientes que acham que estão com a gripe suína.
* * * * *
Por fim, quando vi que iria trabalhar sem carro hoje, chamei um mototáxi. Subi na moto e veio de novo a neura da gripe: o capacete. Além de apertado (devia ser um P e minha cabeça é GG), a boca fica bem na posição que ficaram as bocas dos passageiros anteriores. Por via das dúvidas, fui com a viseira aberta. Pro vírus me pegar, teria que ser aventureiro radical pra vencer aquele vento.
* * * * *
Na volta, de novo de ônibus, meu nariz trancou. Epa!

 

O bate-boca no Senado

By Renon Junior

De um lado, Pedro Simon e Cristóvan Buarque. De outro, Collor e Renan Calheiros defendendo José Sarney. Acho que não resta mais nenhuma dúvida sobre o Presidente do Senado, não é?


 

(D'Ang)Ele voltou

By Renon Junior


Alberto D'Angele (de gravata vermelha) está de volta, após dois meses na GloboNews, no Rio de Janeiro. Alberto conquistou os cariocas com sua humildade e competência.
Ainda bem que voltou. Sem gripe suína. Ele fez muitas matérias sobre o tema nos hospitais públicos do Rio e também no aeroporto.
Nesta segunda-feira, reencontrou as pautas de Londrina.

 

Isso sim é aventura

By Renon Junior

Vi essa matéria na Revista RPC e fiquei lembrando da minha velha Brasília 76. Será que aguentaria a viagem?


Com certeza, não. O duro seria achar três amigos pra encarar a aventura.

 

O Londrina venceu a Chapecoense por 2 a 1, na preliminar do jogo Atlético PR x Fluminense. Fabinho e Wesley marcaram para o Londrina e Fabrício fez o gol do time catarinense.
O melhor foi que além da vitória, o resultado do outro jogo foi favorável ao Tubarão. O Ypiranga empatou com a Naviraiense em 3 x 3.

A situação agora é a seguinte:
A Chapecoense já está classificada para a próxima fase. O Ypiranga tem 8 pontos, o Londrina tem 6 e a Naviraiense, com 4 pontos, já está fora da disputa. A próxima rodada tem Chapecoense x Ypiranga, e Naviraiense e Londrina. O Tuba precisa vencer e torcer por uma derrota ou empate do Ypiranga. Se as duas equipes terminarem com o mesmo número de pontos, o Londrina entra, já que tem melhor saldo de gols.

Ainda dá. E as chances são boas.

 


A imensa torcida londrinense, simpatizante do Atlético, deve ter feito a diferença. Acredito mais na ruindade desse time do Fluminense mesmo. Quem esteve no Estádio vendo a partida foi meu amigo Leandro Costa, apresentador do ParanáTV 2ª edição, que está em férias. Leandro é o único tricolor que eu conheço. Coitado. Chuva, frio e derrota por 1 a 0.

 

Edibar, o romântico

By Renon Junior


Pra animar um pouco essa noite de sábado, já que o domingo será de chuva.
Tá no forno o número 2 da Revista do Edibar. O Lúcio, criador do personagem, já me prometeu um exemplar autografado. Todo dia eu confiro o bebum no site dele. www.edibar.com.br.
No site, descobri a veia chargista do Lúcio. Olha esta do Alex Canziani.

 

Ele venceu a prova dos 50 metros, batendo o recorde do campeonato. O cara é fera.

 

Paranóia suína

By Renon Junior

Compartilho da opinião do colega Marcelino, sobre o pânico espalhado pela mídia sobre a gripe suína. Pânico aliás, semeado pelas autoridades, que tomam medidas contraditórias. Começaram falando que não era mais grave que a gripe comum. De repente, suspendem aulas, cancelam eventos, recomendam o uso de máscaras e álcool gel e dão a impressão que estamos diante de um beco sem saída.
A mídia vai no embalo que as autoridades fazem. Clique na figura para ouvir o comentário final do Jornal da Manhã, da Rádio Paiquerê AM, que expressa exatamente o que penso sobre essa questão.

Alías, recebi um email interessante do meu amigo Nilton Pereira. Uma reflexão sobre toda essa história.
=================================

PANDEMIA... DE LUCRO!

No mundo, todos os anos morrem dois milhões de pessoas vítimas da malária, que poderia ser prevenida com um simples mosquiteiro. E a mídia não diz NADA.

No mundo, todos os anos dois milhões de meninos e meninas morrem de diarréia que poderia ser tratada com um soro oral de 25 centavos. E a mídia não diz NADA.

Sarampo, pneumonia, doenças curáveis com vacinas baratas, causam a morte de dez milhões de pessoas no mundo todos os anos. E essas notícias não são divulgadas.

Mas há alguns anos atrás, quando a gripe aviária surgiu, inundaram o mundo de notícias, sinais de alarme?
Uma epidemia, a mais perigosa de todas! Uma pandemia! Só ouvia da terrível doença das galinhas.

Porém, o influenza causou a morte de 250 pessoas em todo o mundo. 250 mortos durante 10 anos, para o qual dá uma média de 25 vítimas/ano.

A gripe comum mata meio milhão de pessoas todos os anos no mundo. Meio milhão contra 25.

Um momento. Então, por quê se armou tanto escândalo com a gripe aviária?

Simples. Porque atrás dessas galinhas havia um "galo", um galo de espora grande.

O Laboratório farmacêutico Roche com o seu já famoso Tamiflú, vendendo milhões de doses aos países asiáticos.
Embora o Tamiflú é de efetividade duvidosa, o governo britânico comprou 14 milhões de doses para prevenir a população deles.

Com a gripe aviária, Roche e Relenza, as duas grandes companhias farmacêuticas que vendem esses antivirais, obtiveram milhões de dólares de ganância.

Antes com as galinhas e agora com os porcos. Sim, agora a psicose começou com a gripe suína. E os jornalistas do mundo só falam disto.

Eu desejo saber: se atrás das galinhas havia um "galo", atrás desses porcos não haverá um "grande porco"?
Porque indubitavelmente são as multinacionais poderosas que vendem os remédios supostamente milagrosos.

E novamente a "bola da vez" é o "milagroso" Tamiflú? Quanto custa? US$50 a caixa!
50 dólares uma caixa de pastilhas? Que negocião!

A companhia norte americana Gilead patenteou o Tamiflú. O maior acionista desta companhia é um personagem sinistro, Donald Rumsfeld, o secretário de defesa de George Bush, "descobridor" das armas químicas que ocasionou a guerra contra o Iraque. Os acionistas dos grupos Roche e Relenza estão se dando as mãos, felizes com as vendas milionárias do duvidoso Tamiflú.

A verdadeira pandemia é o lucro, a enorme ganância destes mercenários da saúde.

Se a gripe suína é uma pandemia tão terrível como anunciam os meios de comunicação, se para a Organização Mundial da Saúde (OMS) ela preocupa tanto, por quê não declara isto como um problema de saúde pública mundial e autoriza a fabricação de medicamentos genéricos para a combater?