ÚLTIMA HORA
Ultimamente, só esporte e bizarrices.

Estou ouvindo aqui mais uma de minha músicas preferidas, de 1982, nº 75 da Billboard. Gloria, Laura Branigan.




Uma pena ela ter morrido tão jovem, aos 47 anos, vítima de aneurisma cerebral, em 2004.

 

Arte: Estadão.com

 


A rodada rebaixou Ipatinga e Portuguesa. O Vasco com 40 pontos e Figueirense, com 41, continua na degola e vão pro tudo ou nada na última rodada. O Vasco enfrenta o Vitória em casa, e o Figueirense pega o Inter, também em casa. Ameaçado também está o Atlético Paranaense, com 42 pontos, que pega o Flamengo em casa.


São Paulo e Grêmio venceram na rodada, e o tricolor do Morumbi segue 3 pontos na frente. Basta um empate para comemorar o título. O Grêmio precisa de uma derrota do São Paulo e uma vitória diante do Atlético Mineiro, para levar o título por uma vitória a mais.

Foto: Estadão.com

 

O Londrina vencia o jogo até os 45 minutos do 2º tempo. Aí sofreu o gol de empate. Se o zagueiro Neto, do Cianorte, estivesse ouvindo a Paiquerê, ele comemoraria o gol salvador em frente à cabine da Rádio. Num lance que o jogador errou, Tatinha disse: "E era pra esse Neto ter vindo para o Londrina". E o Fiori: "Graças a Deus que não veio!".

 


A série B do Campeonato Brasileiro terminou ontem. O Corinthians foi o campeão e também sobem para a Série A em 2009 o Santo André, Avaí e Barueri. Marília, Criciúma, Gama e CRB caíram para a 3ª divisão. O artilheiro foi Túlio Maravilha, com 24 gols. Ele é o cara. Segundo as contas dele, são 852 gols, ou seja, 148 para o milésimo. Isso está no site dele, que parece que ainda não está atualizado com o gol que ele fez ontem.

 

São Paulo 1 x 1 Fluminense

Náutico 2 x 1 Atlético Paranaense
Ipatinga 1 x 4 Grêmio
Coritiba 0 x 2 Vasco
Flamengo 3 x 3 Goiás
Vitória  0 x 0 Palmeiras
Inter 1 x 0 Cruzeiro
Portuguesa 2 x 2 Sport
Botafogo 1 x 3 Figueirense
Atlético MG  0 x 0 Santos

 

Pergunta: O que você espera que aconteça na eleição para Prefeito de Londrina?


Total de votos: 205

Diplomar Hauly como vencedor: 48%
Realizar novas eleições, desde o 1º turno: 19%
Realizar novo 2º turno: 17%
Acreditam que Belinati assuma: 14%

O negócio tá tão estranho que nem a conta do Blogger tá fechando. Ficaram faltando 2%.

 

A gente passa a semana inteira vasculhando o site do TSE, para checar se o tal embargo de declaração de Belinati entra na pauta. Da mesma forma com a consulta do TRE do Piauí sobre como ficaria quando um eleito é impugnado, decisão que deve servir para Londrina.

Assuntos que interessam a nós, blogueiros e leitores, mas não tenho certeza se os políticos estão interessados em nova eleição agora. Por vários motivos.
Os que são deputados estaduais ou federais estão prestes a entrar em recesso. Férias, depois de um ano cheio. Já pensou votar a fazer campanha bem nessa época? Muito melhor que seja quando as sessões voltarem. E outra. Para alguns políticos, uma campanha agora pode significar uma derrota acachapante. É o caso de Hauly. Se voltar para disputar um "terceiro turno" com Barbosa Neto antes do Carnaval, vai sofrer muito, terá pouquíssimas chances, já que boa parte de seu eleitorado viaja. Se isso já fez a diferença no segundo turno contra Belinati, se a eleição ocorrer durante os meses de férias, pior ainda.
Para Barbosa Neto, se o pleito for realizado agora, é uma oportunidade interessante, teoricamente herdando os órfãos do Tio Bila.

 
 
 

A visita da cegonha

By Renon Junior

Isto parece cíclico. E agora está se repetindo. Vários jornalistas resolveram ter filhos (ou não resolveram) nesta época. Em gestação estão Viviane de Carli, da RIC, e Graziela Curti, da TV Viana. Salvador Francisco será papai, assim como Marcelo Militão (2º filho) e Derri Francis, da Rede Massa (7º filho). Sétimo? Peraí que isso carece de confirmação. Mas foi o que me falaram...
Quando minha primeira filha nasceu, também foram vários bebês. Beatriz, filha de Alessandra e Marcelo Pajolla, nasceu no mesmo dia e mesmo hospital, inclusive.

 

A arte do improviso

By Renon Junior

Já faz uns 20 dias que Túlio Melo está fazendo o "Vale Tudo" na rua. Ele tem variado nas pautas e hoje foi um exemplo. Uma matéria sobre seguro para veículos, a partir de uma tese de que estaria aumentando o roubo de carros mais velhos. O legal é o comentário final da matéria.

 

Uma pauta que está na cara de todo mundo, bem no coração da cidade, que a Rede Massa teve a coragem de fazer. Parabéns ao Dérri Francis e toda a equipe pela matéria. Versão com o comentário de Leo José.

 

Simplificando os blogs

By Renon Junior

Inventei um nome muito comprido para meu blog, por isso a partir de hoje, o "De olho na mídia" passa a ter um apelido: "DOM". Fica mais fácil pra quando eu precisar referir-me a ele. Exemplo: "Como o DOM antecipou, Jacks Dias foi eleito presidente da Câmara". "Desde o início, o DOM empunha a bandeira da Campanha anti-spam"...e por aí vai.

Sugiro aos colegas fazerem o mesmo. Querem sugestão de apelidos?
Baixo Clero: BC
Paçoca com Cebola: PCC ou Paçola
Café com Pizza: CPI
Sobe no Caixote: SoCa
No Pé da Imprensa: NPI
Londrina News: Lonews
Pé Vermelho, Idéia Certa: PVIC
Historicizando: Hist...
Julio em Off: Joff
Cara de Paisagem: Capais
Futebol, Política e ETC: Futpol
Jorge Junior 9: JJ9

Não sei quem vai aderir, mas o meu agora é o DOM.

 

Não entendo muito de teledramaturgia. Se chego a notar que algum ator, na minha avaliação, é ruim, é porque ainda falta muito pra ele chegar a péssimo. Mas no caso da Grazi, a ex-BBB, que ganhou mais espaço após deixar o programa, é evidente a evolução dela como atriz. No começo era ruinzinha mesmo, até por falta de experiência. Só que ela não se acomodoou com a fama repentina. Estudou muito, e teve a humildade de aceitar as críticas. Agora, como protagonista da novela das 6, ela está podendo mostrar o quanto melhorou. Infelizmente, isto deve ser pouco para afastar o preconceito que as modelos sofrem quando vão para a TV. A Grazi já pode ser chamada de atriz, assim como o namorado Cauã Raymond, que roubou a cena na novela das 8.

 


O alazão paraguaio jogou ontem na fronteira com seu país de origem. E fez bonito. Só não agradou a parte da torcida que ficou em Londrina. Agora, justiça seja feita. Pelo compacto, dá pra ver que o Foz também teve uma noite atípica. Cada gol bonito... Até o morrinho artilheiro fez um golaço.

 


O julgamento tomou todo o dia no Tribunal do Juri em Londrina. O veredito saiu no final da tarde. Só fiquei com uma dúvida: cabe ou não recurso. Na Tarobá, a informação é de que ainda cabe recurso. Na Globo, a informação de que não cabe porque ele está foragido.
Agora vamos achar esse criminoso e botá-lo atrás das grades. Uma informação que surgiu era de que ele estava em São Paulo, capital. Se você viu este homem, denuncie. Ele matou a esposa com 72 facadas, e está há 19 anos fugindo da justiça.

 


Os mais velhos dirão: "Pô peguei esse moleque no colo". O vocalista da banda Gianninis, na foto ao lado, é o Zé Ivan, filho de Flávio Campos. O primeiro emprego do Zé foi na Tarobá, quando a TV foi fundada, em 96. Era auxiliar de estúdio, ou seja, viu muito programa do Camargo, Mafalda, Markão Kareca e os jornais. Sempre foi muito parceiro, uma figura. E desde aquela época ele tinha um sonho: ter uma banda. O Zé ganhava o salário e convertia parte em dólares, guardando para comprar uma guitarra, (uma Giannini). Quando saí da TV, ele passou no vestibular da UEL no curso de Física, não sei se concluiu. Depois, soube que tinha ido pra Curitiba, e lá montou a banda.

Ouça o som da Gianninis: http://www.myspace.com/bandagianninis

 

Hoje não vou prorrogar minha enquete sobre o futuro prefeito de Londrina. O resultado que predominou foi que Hauly deve assumir o mandato. Então tá...

 




 

Sobram vagas na construção civil
Cresce a procura pelo ensino à distância

Não vou falar em que programa isso aconteceu, no mesmo dia, mas você já pode imaginar...

 


Éderson Camata, Presidente do Grêmio Londrinense e leitor deste blog esteve hoje no Programa Destaque, da Cloara Pinheiro. Foi lá falar das atrações de mais uma festa Noite dos trópicos, a tradicional festa de aquecimento para o verão. Uma ótima para solteiros, e também para casais que ainda estão no pique.

 

Chega de impunidade!

By Renon Junior


Nesta sexta-feira tem novo julgamento de Marcos Campinha Panissa, assassino confesso de Fernanda Struzani, em 1989. Está foragido há 13 anos, mas amanhã será julgado à revelia. Se não estivesse cheio de compromissos, eu ia lá pra ver. Esse cara merece pegar uma cana braba, pro resto da vida. Há quase 20 anos ele desafia a justiça, como bem definiu o Fernando Brevilheri, em seu comentário hoje no Jornal Tarobá. Após a condenação, temos que torcer pela prisão dele. Mas atenção: o advogado dele é ninguém menos que Antonio Carlos de Andrade Vianna, um grande criminalista.

 

Fontes seguras garantem: Sandra Graça é candidata à presidência da Câmara, sim. Mas uma candidatura que pode ser configurada num plano mais macro. O que faz sentido. É claro que a eleição no legislativo está lincada à definição do prefeito, caso Belinati não retorne. Continuo achando que haverá três candidaturas: Kanashiro, Sandra Graça ou Joel Garcia e Jacks Dias ou Tito Valle.
O Jacks, vocês sabem, coloquei por minha conta. É que eu ainda acredito que o PT não tá morto, e nem vai ficar omisso. Que opções os petistas têm senão a candidatura própria? Apoiar alguém do grupo do Belinati? Ir com alguém do Barbosa? Ficar ao lado do PMDB, que sofre de desgaste estadual? Aliar-se com o PSDB, com o PSDB!? Não acredito. Eles só estão quietos pra batata não assar antes da hora. Ou estão esperando a carga se ajeitar durante o percurso até que se saiba como será o terceiro turno em Londrina.

 

Se minha tese estiver certa, e os três partidos que elegeram três vereadores (PSDB, PDT e PT)lançarem candidatos à Presidência da Câmara será preciso conquistar 7 votos para chegar à vitória. Se cada partido confirmar seus três votos, será preciso arrebanhar mais 4.
Tito Valle fará besteira se insistir em ser candidato. Dificilmente terá apoio depois do que andou dizendo, mesmo alegando ter sido mal interpretado. Outra possibilidade seria Sandra Graça sair candidata com o voto de Marcelo Belinati e Pastor Renato, mas não acredito nisso. Sendo assim, os votos desse trio passariam a ser valiosos e tenderiam a ir para Joel Garcia. O PT poderia fazer uma parceria com o PMDB (2 votos), já que cogitou essa possibilidade em caso de nova eleição majoritária, e o PSB (o voto de Jairo Tamura). Para conseguir o equilíbrio, o PSDB teria que correr atrás dos votos dos novatos Ivo de Bassi, Prof. Rony, Rodrigo Gouveia e Roberto da Farmácia. Esses quatro devem decidir a eleição na Câmara, pois ainda não dá pra saber a que grupos pertencem.

Agora, o mais provável mesmo é que minha tese esteja errada. Se tiver só dois candidatos, minha teoria fura. A lógica não existe quando o assunto é eleição na Câmara.

 

Isso foi há um mês...

By Renon Junior

 

Heitor some da novela das 6

By Renon Junior

Hoje foi o último dia dele na novela. Lá é um mistério, mas na vida real ele também quer desaparecer.

 

O Colorado gaúcho venceu o Estudiantes da Argentina, lá na Argentina, por 1 a 0, quebrando uma série de 43 partidas invictas dos hermanos. Mais um show de Dalessandro, Nilmar, Alex e principalmente o goleirão Lauro, que botou o Clemer na reserva.

Nada a ver a Globo mostrar esse compacto com o Galvão Bueno, sendo que o jogo nem foi transmitido em todo o Brasil. Aqui em Londrina teve o "Cinema Especial". Se fosse Palmeiras, Corinthians, Flamengo ou São Paulo, passariam, mesmo sabendo que esse times amarelariam na Argentina.

Assisti pela Band, com Luciano do Valle, Godoy, Neto e Luís Ceará. Depois vi que o Sportv também estava mostrando, com melhor imagem, inclusive.

 

Meu amigo Fábio Mansano

By Renon Junior


Quando resolvi tentar escrever em blog mais uma vez, imediatamente lembrei-me do jornalista Fábio Mansano. Trabalhamos juntos em uma campanha eleitoral, em 2004, e demos muitas risadas por causa do "blogado".

Depois da campanha, Fabinho entrou no Departamento de Comunicação e Marketing da Vectra Construtora, onde tem feito um bom trabalho. Volta e meia ele aparece dando entrevistas sobre algum lançamento da construtora ou sobre algum evento cultural promovido pela empresa.
Como hoje, quando ele foi ao programa Destaque, da Cloara Pinheiro, pra falar do show de Geraldo Azevedo, no sábado.
Há três anos, Fábio foi o grande vencedor do concurso "Clic seu amor por Londrina", promovido pelo Foto Célula. A foto dele foi na saída de um jogo no VGD, uma obra prima. Pena que não a encontrei colorida, só esta publicada no site da Folha de Londrina.
Ô Fabinho, agora que enchi a tua bola, manda um par de convites pra eu sortear entre os leitores do blog, vai...

 

Meu amigo Fábio Mansano

By Renon Junior


Quando resolvi tentar escrever em blog mais uma vez, imediatamente lembrei-me do jornalista Fábio Mansano. Trabalhamos juntos em uma campanha eleitoral, em 2004, e demos muitas risadas por causa do "blogado".

Depois da campanha, Fabinho entrou no Departamento de Comunicação e Marketing da Vectra Construtora, onde tem feito um bom trabalho. Volta e meia ele aparece dando entrevistas sobre algum lançamento da construtora ou sobre algum evento cultural promovido pela empresa.
Como hoje, quando ele foi ao programa Destaque, da Cloara Pinheiro, pra falar do show de Geraldo Azevedo, no sábado.
Há três anos, Fábio foi o grande vencedor do concurso "Clic seu amor por Londrina", promovido pelo Foto Célula. A foto dele foi na saída de um jogo no VGD, uma obra prima. Pena que não a encontrei colorida, só esta publicada no site da Folha de Londrina.
Ô Fabinho, agora que enchi a tua bola, manda um par de convites pra eu sortear entre os leitores do blog, vai...

 

Gente, por favor né? Até parece que sou eu que estou pegando no pé. Pra um negócio que fica fixo na tela durante a reportagem, é melhor corrigir, nem que seja no ar. Vamos acabar com essa "sídrome"

 

Se você não viu, veja agora esta bela reportagem de Ricardo Vilches. Não sei se deu nacional, mas merecia.

 

 

 

Um atleta americano foi flagrado no antidoping, 8 anos depois da Olimpíada de Sidney. O Brasil, que foi medalha de prata no revezamento 4 x 100 metros, pode ficar com a medalha de ouro, agora que todos os corredores daquela época já se retiraram das pistas.

 

Pensei nesta possibilidade naqueles três minutos entre deitar e pegar no sono. Se o Presidente da Câmara for governar interinamente a cidade, até que se decida pelo voto quem entra, acho que uma alternativa razoável (embora eu não esteja 100% convencido) seria o vereador Jacks Dias ser o Presidente da Câmara. Calma! Por que a tese? Ele seria o único que teria equipe para governar a cidade, partindo da idéia que os atuais secretários e presidentes de autarquias topassem permanecer nos cargos por mais um tempinho.

Há quem pense: "nossa, esse Renon tá doido, querendo mais tempo ainda pra essa gestão do Nedson?" Ou então: "eu sabia que você era um petista enrustido...". Ou ainda: "esse blogueiro tá ganhando alguma coisa pra escrever isso"...Ou: "Ele não estava esperando o sono chegar, já estava dormindo e sonhando...". Não, não é, por absurdo que pareça.

Penso que é menos ruim do que colocarmos paraquedistas lá que não vão ter nem tempo de tomar pé da situação até fazer alguma coisa.
Não é campanha pelo Jacks, com quem não tenho o menor laço de amizade. Mas é uma alternativa para que Londrina não pare até que as coisas voltem ao seu devido lugar.

 

Tenho aqui em casa o pacote Standart, da NET, por economia, em primeiro llugar, mas também necessidade. Não dá pra programar gravações com o Tocom. Mas esta semana a operadora resolveu nos dar um presente. Abriu vários canais como Sportv, Sportv2, ESPN internacional, ESPN Brasil, Fox, FX, Discovery (o meu favorito), AXN, Jetix, Animal Planet, NHK, Sony, e outros. Vamos ver até quando dura.

 

Blog sobre as campanhas de doação de sangue pela cidade. Legal. http://www.vocefazmeutipo.blogspot.com/

 

Blog sobre as campanhas de doação de sangue pela cidade. Legal. http://www.vocefazmeutipo.blogspot.com/

 

Participei da entrevista com Tercílio Turini no Programa "Falando Sério", ao lado de Mauri Viana e Graziella Curti, da RedeTV Viana. Gostei da experiência. Tercílio Turini comentou a crise da Cãmara de Vereadores, a eleição para presidência da Câmara, e a indefinição sobre o futuro prefeito de Londrina. Pude perguntar duas coisas que queria saber pela boca do Tercílio: qual a decisão preferida dele no caso da impugnação de Belinati ser confirmada em todas as instâncias e se ele seria candidato em caso de nova eleição desde o primeiro turno. Veja o que ele respondeu:

Claro, qualquer avaliação neste momento é suspeita, porque cada um tem seu interesse. Para o Tercílio, esta é a que lhe convém. Mesmo posicionamento de Cheida, Colli e Vilson Machado. Se a pergunta fosse para o Barbosa, a resposta seria para ter novo segundo turno entre ele e o Hauly. Hauly, por sua vez, que no dia da derrota disse que seria um absurdo o TSE cassar a candidatura depois da eleição, tem que ficar quietinho agora. Não pode expressar seu desejo de que seja logo diplomado como prefeito.

 

Gerente da Gerência

By Renon Junior


O cargo dele já é grande, daqueles que a gente tem que abreviar para caber tudo na tela. Aí ainda aumentaram as atribuições de Sérgio Bahls, Gerente Metropolitano da Sanepar/LDA.

 


Já que daqui uns dias essa pergunta vai estar em todos os blogs, vou sair na frente, pra por mais lenha nessa fogueira. Abri essa enquete aí ao lado. Quem será o novo Presidente da Câmara. Vote naquele que você acha que tem mais chances de conseguir convencer os colegas, considerando todos os fatores que fazem parte da eleição no Legislativo.

Já que o próximo Presidente da Cãmara deve ser o prefeito interino, de repente a enquete já sirva de termômetro. Dependendo, os aspones já começam a negociar cargos e apoios. Política é política.
A enquete fica aberta até 31/12 às 23:59. Momentos antes, deverei votar.

 


Já que daqui uns dias essa pergunta vai estar em todos os blogs, vou sair na frente, pra por mais lenha nessa fogueira. Abri essa enquete aí ao lado. Quem será o novo Presidente da Câmara. Vote naquele que você acha que tem mais chances de conseguir convencer os colegas, considerando todos os fatores que fazem parte da eleição no Legislativo.

Já que o próximo Presidente da Cãmara deve ser o prefeito interino, de repente a enquete já sirva de termômetro. Dependendo, os aspones já começam a negociar cargos e apoios. Política é política.
A enquete fica aberta até 31/12 às 23:59. Momentos antes, deverei votar.

 


Agora não entendi nada. O Deputado Federal Rocha Loures, que é do PMDB, do Partido do Governador Requião, resolveu peitar o "home". Mandou um email para a imprensa pra dizer que é favorável ao piso nacional dos professores, que cinco governadores (entre eles Requião) não querem implantar.
Release:
"O deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), vice-líder da bancada e membro da Comissão de Educação da Câmara Federal, participou nesta segunda-feira 24, em Curitiba, do lançamento da seção estadual da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Piso Salarial Nacional do Professor de Educação Básica. O parlamentar foi o único peemedebista a comparecer no ato político realizado no Plenarinho da Assembléia Legislativa do Paraná.
Rocha Loures disse que se orgulha de ter apoiado em 4 oportunidades a criação do piso nacional de R$ 950 e adiantou que estará ao lado dos professores paranaenses na marcha nacional programada para acontecer no próximo dia 3 de dezembro, em Brasília. Citando recente pronunciamento do senador Cristóvão Buarque (PDT-DF), o peemedebista afirmou aos educadores presentes na audiência pública promovida pela Assembléia que “é lamentável que a comunidade escolar precise lutar novamente por aquilo que já conquistou na lei”.
“Nas comissões e no plenário da Câmara, votei três vezes a favor do piso nacional de R$ 950. Esta é a minha quarta manifestação pública favorável ao tema. Acho que a iniciativa da Assembléia merece o absoluto apoio da sociedade”, disse o parlamentar, ao ressaltar que a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Piso Salarial Nacional do Professor de Educação Básica, lançada na semana passada em Brasília, é composta por cerca de 180 deputados e 50 senadores.
A lei Federal 11.738, sancionada em julho de 2008 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, estabelece o piso nacional dos trabalhadores da Educação e garante a hora-atividade em no mínimo um terço da jornada de trabalho. A lei tramitou por mais de um ano no Congresso Nacional e foi aprovada com apoio de todos os partidos políticos.
Questionado a respeito da Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) assinada por cinco governadores contra a lei do piso, Rocha Loures reconheceu a legitimidade dos governadores de contestar a medida, no entanto, classificou-a de inoportuna.
Para Rocha Loures, o sistema educacional brasileiro agora precisa ser dotado de qualidade plena porque, segundo ele, outras conquistas foram possíveis ao longo de várias décadas de luta, a exemplo da universalização do ensino. “Política se faz com pressão. Temos que mobilizar a sociedade para garantir essa conquista fundamental para o futuro da nação. Faço um apelo para que nos unamos em defesa do piso nacional”, conclamou o membro da Comissão de Educação.
O peemedebista prevê uma batalha curta, mas intensa no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele acredita que a Adin dificilmente prosperará, no entanto, sugeriu um plano de mobilização dos professores para assegurar a vitória da categoria".

 


O vereador vai falar sobre a crise na Câmara de Londrina e o impasse na eleição para prefeito. Acabo de ser convidado para participar da entrevista. Estarei lá. O programa começa às 22:00, no canal 36 (UHF). Dependendo, coloco os vídeos aqui. Mas assista ao vivo, não fique esperando por isso. (rsrsrs)

 




Duas garotas da região estão entre as cinco escolhidas no concurso "Menina Fantástica", do Fantástico. São elas:

 




Duas garotas da região estão entre as cinco escolhidas no concurso "Menina Fantástica", do Fantástico. São elas:

 

Enquanto meu Corel salva cópia de segurança (sim, eu faço jornal no Corel!), estou postando mais vídeos sobre a bela série do ParanáTV sobre o nosso trânsito de cada dia, conforme o prometido. Aqui mais dois pontos:

Rua Araguaia x Av. Rio Branco

Av. Cdmte. João Ribeiro de Barros x R. Enzo Rufino

Os outros vídeos estão no post de 15 de outubro.

(Patrícia Piveta: não sou eu que escolho estas imagens congeladas ok? É o blogger que coloca a imagem 10 segundos depois do início do vídeo. Por isso, às vezes saem umas caretas...)

 

Matéria que saiu no Fantástico mostra que em outros lugares também existe crise moral da Câmara. O prefeito, que fazia a denúncia de extorsão, se atrapalhou quando foi tirar o pacote de dinheiro e mostrou os fios do microfone escondido. Quase pôs tudo a perder.

 

Matéria que saiu no Fantástico mostra que em outros lugares também existe crise moral da Câmara. O prefeito, que fazia a denúncia de extorsão, se atrapalhou quando foi tirar o pacote de dinheiro e mostrou os fios do microfone escondido. Quase pôs tudo a perder.

 


Acho muito maneira essa arte que o Fantástico faz para mostrar a classificação do campeonato brasileiro. Olha a situação do pangaré do Ipatinga na corrida contra o rebaixamento...

 


Acho muito maneira essa arte que o Fantástico faz para mostrar a classificação do campeonato brasileiro. Olha a situação do pangaré do Ipatinga na corrida contra o rebaixamento...

 

Dona Zica no In Resumo

By Renon Junior


Dona Zica deu as caras novamente. Ela apareceu no In Resumo, o programa de Markão Kareca das madrugadas de sábado. O programa começou normalmente, com as chamadas, vinheta, e a primeira matéria, a formatura dos sargentos da PM. Quando foi para o intervalo, entrou esta tela, que parece ser o menu de um DVD. Isto ficou no ar por 7 minutos. Aí entrou um comercial do Forteviron, e voltou o programa desde o início, com o primeiro bloco tudo de novo. Depois seguiu normal até o fim.

 

Fatos estranhos, acontecimentos impensáveis e situações inusitadas fazem parte da minha vida.

Já começa pela cidade, todas esquisitas. Até hoje morei em apenas três: Londrina, Cascavel e Uruguaiana (RS).



Quando vim ao mundo, em 1971, Antonio Belinati, Álvaro Dias, Délio Cesar, Kakunen Kyosen, Romeu Curi e Renato Araújo eram colegas na Câmara de Vereadores, junto com meu avô torto.
O prefeito era Dalton Paranaguá.

Cinco anos depois, já estava em Cascavel, a terra onde é preciso ver para crer. No dia 16 de novembro de 1980 eu estava no Estádio "Ninho da cobra" quando o goleiro Zico, do Cascavel, fez um gol em Joel Mendes, do Colorado (desculpem, procurei esse vídeo mas não achei). Naquela época, goleiro fazer gol era uma peripécia. Aquele campeonato foi atípico. No jogo final, o Cascavel podia perder por até quatro gols de diferença. O técnico Borba Filho, do Cascavel, sabia que o time seria goleado. Quando estava 2 a 0 para o Colorado, o Cascavel armou o famoso "cai, cai". Os jogadores foram forçando expulsões e simulando contusões até que o jogo teve que ser encerrado por não ter o mínimo de atletas em campo.
Cascavel ainda tinha outras curiosidades. Foi quando morei lá que fechou o único cinema da cidade, o Cine Delphin, que tinha matinês de domingo à tarde com filmes de kung fu, sessão das oito com os filmes do momento e uma sessão das 22:30 de filmes "calientes", em que menores de idade podiam entrar sem mostrar documentos. O cinema virou igreja universal, e a cidade ficou uns 10 anos sem sala de projeção.

É de Cascavel, a lei municipal para Cavalos usarem fraldas. Também nesta cidade, aconteceu um acidente de trânsito inimaginável. Uma batida entre uma Ferrari e um Corcel. A motorista da Ferrari atravessou a preferencial.

Depois de servir ao Exército (outra coisa impensável, devido à minha estatura, apesar de ter uns 6 mais baixinhos), voltei para Londrina, para estudar. Aqui vi outras coisas até então inacreditáveis. O PT conseguiu vencer a eleição para prefeito, Belinati conseguiu vencer também e teve a proeza de ser o primeiro prefeito cassado e preso. Nedson Michelleti, praticamente desconhecido, saiu de 2% para a vitória em 2000. Bonilha foi presidente da Câmara duas vezes, em mandatos diferentes.

Era demais. Fui para Uruguaiana, Rio Grande do Sul, a 1200 km daqui. Chegando lá, encontro uma cidade com 130 mil habitantes, 160 anos de idade, com ruas esburacadas apenas no centro (agora melhorou um pouco), terra nos bairros, esgoto a céu aberto, uma pobreza absurda na periferia. Um lugar onde o crime mais comum, depois dos furtos, é o abigeato (ladrões pulam a cerca das propriedades rurais, matam bois e vacas e já "carneiam" ali mesmo, deixando couro e ossos.
Um lugar que, apesar do nome, faz fronteira com a Argentina, separada pelo Rio Uruguai. Um povo que odeia os argentinos e vice-versa, apesar de dependerem uns dos outros. Apesar da pobreza, é um lugar que tem seis jornais, seis emissoras de rádio formais e umas 12 comunitárias. Dez escolas de samba e um dos carnavais mais luxuosos do sul do Brasil. Aliás, o Carnaval de Uruguaiana é realizado em um calendário diferente, durante a semana santa. Isso porque os dirigentes das escolas fizeram uma greve por causa da prefeitura e acabaram atrasando o desfile. Depois, já passado o Carnaval em todo o Brasil, eles se acertaram e fizeram o desfile. Deu tão certo, acabou atraindo turistas do Brasil inteiro, e passou a ser assim de uns 4 anos pra cá.

Uruguaiana também tem um desfile a cavalo no dia 20 de setembro, o Dia do Gaúcho, que vai das 8 da manhã às 7 da noite, só com cavalos e charretes. No dia 07 de setembro, além dos CTGs e Piquetes, tem os estudantes. No mês de dezembro, tem a Califórnia da Canção Nativa, um dos festivais mais tradicionais do sul do Brasil, de altíssimo nível, com artistas locais. Você já ouviu falar de César Passarinho? Ele é um mito desse festival.



Em Uruguaiana, é normal você pedir um "cassetinho" ou comer um "negrinho". São os nomes de pão francês e brigadeiro, respectivamente. Um lugar onde, ao contrário do que se pensa, não tem boas churrascarias. Produz metade do arroz do Rio Grande do Sul, mas no supermercado é mais caro que em Londrina, ao passo que a Coca-Cola lá é mais barata que aqui, apesar de não ter fábricas num raio de 500 km.
Lá é normal falar: "Hoje vou ali em Itaqui", cidade que fica a 95Km de distância.
Quando morei lá, o aeroporto foi desativado, a Varig fechou. Até então a cidade tinha apenas um vôo diário, para Porto Alegre. O avião chegava da capital e uma hora depois voltava. Era a única movimentação do dia.
Uruguaiana tem três times de futebol, nenhum na segunda divisão do gauchão, nem na primeira. O mais popular é o ECU - Esporte Clube Uruguaiana.
É a terra onde esfria à tarde e esquenta de madrugada, dá tempestades terríveis e em seguida abre o sol e onde a previsão do tempo fica vencida. Quando o Jornal Nacional diz que uma frente fria está vindo da Argentina, em Uruguaiana, já está chovendo. No verão, enfrentei 41 graus. No inverno, -5.
Em Uruguaiana, o comércio fecha no almoço e ser dono de posto de combustível é uma atividade falida. No outro lado da fronteira a gasolina custa a metade do preço.
Uruguaiana é o lugar onde dá enchente sem chover, e os moradores, mesmo com a casa alagada não saem porque senão outro entra no lugar ou rouba os móveis.

Voltei pra Londrina e vi o basquete praticamente morrer, o vôlei acabar, o futebol falido, e o Belinati voltando a vencer uma eleição, não assumindo e a gente passar por uma campanha toda e chegar a essa época do ano sem saber quem vai assumir. Por tudo isso é que a situação de Londrina pra mim não é mais surpresa

 


Sem ironia, nem maldade. Mas eu recebi a newsletter (clique na foto para ler tudo) do Markão Kareca e vi isso que me chamou a atenção. O boletim tem 6 notícias. Em todas aparece: "O jornalista e apresentador Markão Kareca...". Não sei se ele fez faculdade ou foi provisionado, mas desconhecia que ele era jornalista. Não sou daqueles que pensam que se não for formado, não pode trabalhar. No caso do Markão, o que ele faz não é por ter ou não um canudo, mas é pelo mérito e pelo esforço único e exclusivo dele. Não é algo que qualquer um faça, porque o Markão Kareca é uma marca, uma presença.

Não concordo quando colocam qualquer pessoa para ocupar um função operária no jornalismo, mas aí não é nem pelo profissional em si, e sim por culpa da empresa que o contrata.

 


Sem ironia, nem maldade. Mas eu recebi a newsletter (clique na foto para ler tudo) do Markão Kareca e vi isso que me chamou a atenção. O boletim tem 6 notícias. Em todas aparece: "O jornalista e apresentador Markão Kareca...". Não sei se ele fez faculdade ou foi provisionado, mas desconhecia que ele era jornalista. Não sou daqueles que pensam que se não for formado, não pode trabalhar. No caso do Markão, o que ele faz não é por ter ou não um canudo, mas é pelo mérito e pelo esforço único e exclusivo dele. Não é algo que qualquer um faça, porque o Markão Kareca é uma marca, uma presença.

Não concordo quando colocam qualquer pessoa para ocupar um função operária no jornalismo, mas aí não é nem pelo profissional em si, e sim por culpa da empresa que o contrata.

 

Falei da entrevista do Paulo Bernardo no Primeira Hora ontem, mas ele foi acessível. Fez visita à Folha de Londrina, deu entrevista ao Gelson Negrão, entre outras. Gol anulado, portanto.

 

Moleque humilha astro da NBA

Posted In: . By Renon Junior

Estou quase no fim da tarefa hercúlea de colocar em dia um mês de arquivo de vídeos. E só agora vi essa matéria que saiu no Globo Esporte, no dia 22/10. Um jovem batendo bola numa quadra de rua, viu o jogador Devin Harris, do New Jersey Nets, e o convidou para um duelo. Harris topou e no começo acertou um arremesso. O garoto tentou um drible e também fez uma de longe, de chuá. Parecia um lance de sorte, mas tinha mais. Veja:

 

Ministro no Primeira Hora

By Renon Junior


Tudo bem que o Paulo Bernardo é gente nossa, mas ele está super importante no cenário nacional. É o homem forte do governo Lula. E recebê-lo para uma entrevista na bancada, é um golaço.
Ponto para o Primeira Hora.

 




 

Mais um exemplo, no mesmo jornal, o Paraná no ar.

 

É por isso que meus posts vêm com fotos ou vídeos. Pra ninguém dizer que estou pegando no pé.

 


Estou vendo o excelente programa da expedição que o repórter Gérson de Souza fez a uma pequena ilha da Oceania. Lá, os aborígenes são muito primitivos. Os homens usam um objeto estranho, uma espécie de caule oco para esconder/proteger o órgão genital. Na mesma hora lembrei dessa foto do meu amigo Fernando Sing, um dos caras mais criativos que já conheci, publicitário londrinense que hoje trabalha na Young Rubicam, empresa de Roberto Justus. (o do meio na foto)